Blog

Óleo de coco: gordura boa

31 de outubro de 2018

Durante muito tempo, a gordura foi vilanizada de forma absoluta. Hoje, se sabe que falar em “gordura” de maneira genérica é um erro e que existem muitos tipos e distinções dentro dessa categoria, vários benéficos à saúde. Mais que isso: gordura natural faz bem e é indispensável.

Por exemplo, os TCM (triglicerídeos de cadeia média), uma classe especial de gorduras, é uma excelente fonte de energia para substituir a que vem dos carboidratos - açúcar e amido. É neles, nos TCM, que está o segredo do óleo de coco.

Esse alimento tem se tornado muito popular, mas não sem alguma polêmica - é rico em gordura saturada e, como dissemos, falar em gordura sempre assusta. Mas os TCM presentes no óleo de coco são de rápida assimilação e conversão em energia pelo organismo, ao contrário das “más gorduras”, que se acumulam gerando sobrepeso e outros problemas.

Mas, apesar dessa rápida assimilação, os TCM geram energia suficiente para longos períodos - ao contrário dos açúcares, cuja geração e consumo de energia são imediatos. Dessa forma, mantém a saciedade do corpo por mais tempo, ajudando a controlar a rotina alimentar e, por consequência, a ingestão calórica. Por isso, o óleo de coco é classificado como um alimento superenergético.

Calorias: outra grande vantagem do óleo de coco. Quando ele é do tipo concentrado, mais eficiente que o comum, numa mesma dose fornece seis vezes mais energia, mas tem a mesma quantidade de calorias! Em algumas culturas, cujos hábitos alimentares são mais naturais, o óleo de coco é responsável por mais de 60% das calorias diárias consumidas pela população, e praticamente não se verificam índices de sobrepeso, doenças cardiovasculares e outros problemas advindos da má alimentação (aqui, outra prova de que há boa gordura!).

A lista de benefícios vai longa. Um já largamente pesquisado é a redução dos sintomas de Alzheimer e outras doenças neurológicas - outros ganhos para a saúde do cérebro e estimulo da atividade mental são especulados, mas ainda não comprovados. O óleo de coco também contribui para o desenvolvimento e vigor muscular e para longevidade. Também é uma ótima forma de manter a hidratação do corpo, especialmente antes ou depois da prática de exercícios.

E pra fechar o nosso elogio desse alimento incrível: é extremamente fácil incluí-lo na dieta. O óleo de coco não tem sabor, podendo ser adicionado a quase qualquer receita para dar consistência a elas. E as formas são diversas: no molho da salada, no café ou chá, como ingrediente de praticamente qualquer bebida, e até na manteiga caseira.

E aí, se interessou? Visite a Veg+, peça indicação de um dos nossos especialistas e comece a se alimentar melhor com a ajuda desse presente da natureza que é o óleo de coco.



Voltar para o blog

Newsletter

Assine nossa newsletter
e receba todas as novidades da Veg+

Uma vida saudável começa com um investimento consciente.
Para mais informações entre em contato (21) 3150.3031 ou pelo email expansao@vegmais.com.br
Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen
Av. das Américas, 3434 / Bloco 5 / sala 301 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Mais informações em faleconosco@vegmais.com.br ou expansao@vegmais.com.br
Tel.: (21) 3150.3031